A abdominoplastia é uma cirurgia plástica impressionante e transformadora que remove o excesso de pele e gordura da barriga.

Tipos de abdominoplastia

banner-home-servicos-abdominoplastiaA abdominoplastia é executada através de cinco tipos cirúrgicos, cada tipo serve para remover do abdômen determinada quantidade de gordura e pele. Descubra abaixo qual dos cinco tipos de abdominoplastias pode ser o tipo indicado para você:

  • Abdominoplastia pelo umbigo
    É uma pequena cirurgia para remover um pequeno excesso gordura e pele flácida apenas ao redor do umbigo. É a menor e mais acessível das cirurgias de abdominoplastia, requer apenas um corte médio ao redor do umbigo.
  • Mini abdominoplastia
    É uma pequena cirurgia para remover o excesso de pele e gordura apenas na área abaixo do umbigo. A “mini” abdominoplastia é a segunda menor e mais acessível das abdominoplastias. Precisa apenas um corte cirúrgico de média extensão ao longo da linha do biquíni e não mexe no umbigo.
  • Abdominoplastia clássica total
    É uma cirurgia para corrigir a flacidez muscular e remover o excesso de pele e gordura em todo o abdômen. A abdominoplastia “clássica” é a mais comum das abdominoplastias, sendo executada através de duas incisões cirúrgicas, um corte menor ao redor do umbigo e outra mais extensa ao longo da linha do biquíni.
  •  Abdominoplastia em âncora
    Abdominoplastia pós bariátrica (gastroplastia) para remover o excesso de pele no abdômen e também nos flancos. A abdominoplastia em “ancora” é executada através de duas extensas incisões cirúrgicas, uma horizontal na linha do biquíni e outra vertical ao longo do abdômen.
  • Abdominoplastia circunferencial
    Abdominoplastia pós bariátrica para remover grande quantidade de pele solta em torno de toda a circunferência da cintura (abdômen e costas). A abdominoplastia “circunferêncial” é a mais invasiva das técnicas de abdominoplastia. Recomendada para quem perdeu grande quantidade de peso após cirurgia bariátrica, resultando em grande excesso de pele

Cicatriz de abdominoplastia

A cicatriz é o preço estético que a abdominoplastia cobra para resolver o problema de excesso de gordura e pele flácida que jamais poderia ser resolvido de outra forma. A cicatriz de abdominoplastia é facilmente escondida por debaixo do biquíni. Com o tempo a cicatriz de abdominoplastia cicatriz desaparece lentamente em pessoas não fumantes e que seguem os conselhos do cirurgião sobre como cuidar da cicatriz durante o processo de cura.

  • Revisão ou remoção da cicatriz
    A revisão ou remoção da cicatriz é feita quando necessário através “laser” para clarear ou injeções de esteróides para reduzir o volume das cicatrizes.

Pós-operatório, recuperação e resultado

O pós-operatório da abdominoplastia é um período muito exigente no qual a paciente deve cuidar com extremo zelo a região operada. Veja abaixo algumas regras:

  • Tempo de recuperação
    O tempo de recuperação da abdominoplastia leva entre sete e 45 dias de cuidados para amenizar o inchaço e desconforto. Neste tempo de recuperação e repouso, a paciente pode trabalhar, fazer compras e cuidar do lar, mas ela deverá evitar esforço físico.
  • Drenagem linfática
    A drenagem linfática é um tratamento “opcional” pós-cirúrgico que acelera a recuperação e garante melhor resultado da abdominoplastia.
  • Resultado da abdominoplastia
    resultado superficial da abdominoplastia é imediato porque o volume abdominal é eliminado na cirurgia, mas o resultado final será observado somente após seis meses. O resultado estético pode durar para sempre se não houver gravidez ou flutuações no peso.

Abdominoplastia ou lipoaspiração

  Em alguns casos, uma simples lipoaspiração pode substituir a abdominoplastia e resolver o problema de excesso de gordura no abdômen: ou a lipoaspiração pode ser utilizada para melhorar aperfeiçoar o resultado da abdominoplastia.

  • Apenas lipoaspiração
    A lipoaspiração pode ser utilizada para substituir a abdominoplastia quando há pouca gordura abdominal e boa elasticidade na pele.
  • Abdominoplastia com lipoaspiração
    Em conjunto com a abdominoplastia, a lipoaspiração é frequentemente executada na cintura, costas, coxas e glúteos produzindo ótimos resultados.

Abdominoplastia e gravidez

  A gravidez é uma das maiores preocupações para quem deseja uma abdominoplastia. Obviamente que você pode engravidar e ter filhos antes ou depois da abdominoplastia, mas se você ainda não fez sua abdominoplastia e deseja engravidar em breve, então adie para depois do parto. Se você engravidar após a abdominoplastia, pode ser necessária uma segunda abdominoplastia para corrigir o excesso de pele abdominal resultante da gravidez.

Umbigo e estrias após abdominoplastia

  •  Umbigo
    O umbigo é relativamente preocupante após abdominoplastia. Em 5% dos casos o umbigo resulta em aparência pouco natural ou apresenta inflamação e vermelhidão devido aos pontos internos. Nestes casos, o umbigo pode ser revisado por um simples procedimento ambulatorial com anestesia local.
  • Abdominoplastia para estrias
    As estrias são um dos principais motivos para fazer abdominoplastia. Durante a manipulação cirúrgica da pele do abdômen, as estrias abaixo do umbigo são retiradas e as estrias acima do umbigo são deslocadas para abaixo do umbigo.

Abdominoplastia masculina

  A abdominoplastia masculina é destinada aos homens que desejam remover o excesso de pele flácida resultante de significativa perda de gordura após uma lipoaspiração ou cirurgia bariátrica. Como a abdominoplastia em homens é semelhante à abdominoplastia em mulheres, toda a informação nesta página vale igualmente para os homens.

  • Abdominoplastia masculina com lipoescultura
    A abdominoplastia com lipoescultura é frequentemente executada em homens. Como a maioria dos procedimentos de abdominoplastia em homens é executada para resolver o problema de excesso de pele no abdômen inferior devido a lipoaspiração, é possível em uma única operação fazer a abdominoplastia para remover o excesso de pele na parte abaixo do umbigo e a lipoescultura na parte acima do umbigo, a lipoescultura neste caso serve para terminar o trabalho da lipoaspiração, assim é possível alcançar um abdômen sem flacidez e bem definido.

Riscos da abdominoplastia

  Riscos são contornáveis na abdominoplastia, principalmente em pessoas saudáveis. Os riscos de complicações e problemas mais comuns na abdominoplastia são:

  • Inchaço, seroma ou edema
    Inchaço, seroma ou edema após abdominoplastia é o acumulo de líquidos na região operada. O sistema linfático drena naturalmente pequenos inchaços e seromas, mas grandes acumulo de líquidos na região operada precisam ser tratados com drenagem linfática.
  • Necrose de pele
    Pacientes fumantes, diabéticas e muito obesas precisam tratar suas condições de saúde antes da abdominoplastia para não comprometer a circulação sanguínea na área operada prejudicando o processo de recuperação. 
//]]>